Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

Número de respostas: 42

Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior

Autoria:

  • Fabiano Madeira Lacerda

Palavras-chave:

Celulares, Cultura Local, Preservação, Educação, Identidade Cultural

Resumo

Este artigo destaca o potencial dos celulares na preservação da cultura local em cidades do interior. Os celulares são ferramentas poderosas para documentar e educar, permitindo que alunos e educadores registrem elementos culturais locais, valorizando suas raízes. No entanto, o uso responsável é essencial para evitar a descaracterização cultural. Um estudo de caso em Laje do Muriaé, Rio de Janeiro, ilustra o sucesso da integração dos celulares na educação e preservação cultural. A presença onipresente dos celulares pode fortalecer as vozes das comunidades locais, contribuindo para um mosaico cultural global autêntico.

Coordenação de Mesa

  • Diego de Campos Ribeiro
  •  João Francisco da Silva Netto

PDF: leia aqui o texto completo

131 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por João Francisco da Silva Netto -
Olá, sejam bem-vind@s!

Eu, João Francisco, farei a mediação da apresentação deste fórum.

Olá meus queridos e minhas queridas, sejam bem vindos a esse espaço de partilha e construção de saberes! Vamos interagir e discutir um tema tão precioso e importante! Que tenhamos uma grande semana!

46 palavras

Em resposta à João Francisco da Silva Netto

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por VENINA FREITAS -

Boa tarde a todos!

Hoje o celular  é nossa identidade na sala de aula, com o grupo watzap, com curso online e pode ser usado para atividades pedagógicas. É um modo de se contectar de forma interativa com nossos alunos,que estão em constante mudança e cada vez mais conectados em redes sociais. 

52 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Joyces Santos -
Parabéns pela escolha da temática "Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior". Considero bastante relevante, pois destaca a importância de preservar e promover tradições únicas presentes em comunidades menos urbanizadas. Esses guardiões desempenham um papel crucial na manutenção da identidade cultural e na transmissão de conhecimentos às gerações futuras.

Nesse sentido, qual aspecto específico dessa preservação cultural vocês acreditam ser mais interessante?

63 palavras

Em resposta à Joyces Santos

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -

Olá, Joyces Santos, agradeço pela sua contribuição à discussão do texto "Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior". Estamos de acordo quanto à importância de enfatizar o papel crucial de promover debates, tanto em ambientes escolares quanto não escolares, sobre a preservação das tradições em comunidades menos urbanizadas.

No que concerne ao aspecto específico da preservação cultural que consideramos mais interessante, destacamos a ênfase na transmissão de conhecimentos tradicionais às gerações futuras como particularmente fascinante. Esta abordagem não apenas sublinha a manutenção das práticas culturais, mas também ressalta o papel crucial das futuras gerações, utilizando a tecnologia nos espaços escolares como ambiente que contribui para o fortalecimento da identidade cultural.


111 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Matheus Alves -
Parabéns pelo trabalho excepcional, pessoal! A inclusão de um estudo de caso em Laje do Muriaé, Rio de Janeiro, enriquece significativamente o conteúdo, oferecendo uma visão prática e aplicada do sucesso da integração dos celulares na educação e preservação cultural. A abordagem equilibrada, ressaltando a importância do uso responsável para evitar a descaracterização cultural, demonstra uma consideração cuidadosa das complexidades envolvidas.

61 palavras

Em resposta à Matheus Alves

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Matheus! A discussão sobre a potencial contribuição da tecnologia para a preservação cultural é, sem dúvida, um tema relevante. Especialmente em cidades de menor porte, como Laje do Muriaé, onde se delineia uma narrativa cultural rica, digna de exposição e estudo aprofundado.
A abordagem equilibrada adotada, que destaca a importância do uso responsável para evitar a descaracterização cultural, reflete nosso compromisso em realizar uma análise meticulosa das complexidades inerentes a esse cenário. A colocação de nossa comunidade como protagonista de sua própria história ressalta o intuito de fortalecer sua identidade cultural e fomentar uma memória agradecida por sua trajetória.

100 palavras

Em resposta à Matheus Alves

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por João Francisco da Silva Netto -
Verdade Matheus, a utilização dos celulares sempre foram tabus estabelecidos na ambiência educacional, ter os aparelhos como aliados e não como inimigos sempre foi um desafio educacional, e em pleno século da informação saber usar e tratar de sua complexidade é fundamental.

42 palavras

Em resposta à João Francisco da Silva Netto

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Percebo que o grande desafio da geração atual é saber utilizar a tecnologia como uma ferramenta positiva para adquirir conhecimento e, até mesmo, alcançar novas conquistas. Entretanto, é válido destacar que o uso do celular na escola é frequentemente percebido como um desafio disciplinar significativo. Em estados como o Rio de Janeiro, existe legislação que proíbe o uso desses dispositivos em ambiente escolar.

63 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Alcione de Abrêu Valadão -

Parabéns, Fabiano! Seu olhar investigativo e cuidadoso sobre o uso e importância dos dispositivos na Educação, principalmente em nossa região, se faz muito  importante. O uso do celular em sala de aula ainda gera muitos desafios, pois precisa ser utilizado como uma ferramenta necessária, tendo em vista a evolução das tecnologias e sua importância pedagógica.

55 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Gabriel Vilhena Menetryer -
Parabéns pelo artigo, muito interessante o tema de vocês! Vale frisar que o estudo em locais como Laje do Muriaé e o Morro do Arrastado e a aplicação do tema com alunos do Ensino Médio traz muita credibilidade ao texto e a mensagem a ser transmitida. Um questionamento: concordo com você quando diz que o uso da tecnologia, mais especificamente dos celulares, é importante na manutenção desses depósitos de culturas que são essas cidades, mas, como você vê essa questão em embate com a manutenção da tradicionalidade na transmissão da cultura local? Digo pela questão de se você acha que esse uso da tecnologia possa ter um efeito negativo na manutenção da originalidade dessas culturas e tradições para passar para futuras gerações (se haveria uma perda de interesse no estudo/consumo de materiais "não tecnológicos" como museus, a "comunicação boca a boca", dentre outros).

143 palavras

Em resposta à Gabriel Vilhena Menetryer

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Gabriel Vilhena Menetryer! Agradeço pela apreciação do artigo sobre o emprego da tecnologia na preservação das culturas locais. A preocupação quanto ao impacto do uso intensivo de dispositivos tecnológicos, como celulares, na tradição cultural é pertinente. Reconheço os riscos associados, incluindo a possível perda de autenticidade. Recomendo uma abordagem equilibrada, que utilize a tecnologia para aprimorar, não substituir, as práticas culturais. Sugiro estratégias como o uso responsável da tecnologia, educação cultural digital, valorização das tradições e inovação responsável. Destaco a importância de preservar a autenticidade das tradições locais para as gerações futuras.

93 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Layenne Cristina -
Como os celulares estão desempenhando o papel de guardiões da cultura local em cidades do interior, e de que forma as tecnologias móveis estão sendo empregadas para preservar, promover e compartilhar elementos culturais específicos dessas comunidades?

36 palavras

Em resposta à Layenne Cristina

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Layenne Cristina! Os celulares desempenham um papel crucial como guardiões da cultura em cidades do interior, possibilitando a preservação e promoção de elementos culturais locais. Essa função inclui a documentação visual por meio de fotografia e vídeo, o compartilhamento instantâneo em redes sociais, o desenvolvimento de aplicativos educativos e de mapeamento cultural, além de acesso à informação por meio de blogs e websites. Os celulares também contribuem para a preservação de línguas locais, incentivam a inclusão digital e auxiliam na criação de arquivos digitais, garantindo que a rica herança cultural seja compartilhada e mantida de maneira acessível e relevante.

100 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Ellen Fabiane Canabrava Ribeiro -
Como alguém que veio do interior, confirmo a importância do celular para o registro e preservação da cultura local. Nunca achei que essa discussão poderia gerar um artigo tão bom. Parabéns ao autor por ter iniciativa de escrever sobre algo tão singular.

42 palavras

Em resposta à Ellen Fabiane Canabrava Ribeiro

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por João Francisco da Silva Netto -
Verdade Ellen, a percepção e o olhar para um tema tão interessante já merecia ter sido amplificado em outros ambientes... O celular é um importante e potente instrumento pedagógico e memorialista.

31 palavras

Em resposta à Ellen Fabiane Canabrava Ribeiro

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Ellen Fabieane! Atualmente, dispomos de diversos recursos que podem contribuir significativamente para a preservação da cultura e o fortalecimento da identidade interiorana. O desafio reside em organizar esses recursos de maneira eficiente.

33 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Danilo Pereira de Souza Santos -
Muito importante o tema escolhido e é surpreendente como uma ferramenta tão simples pode realizar grandiosas coisas para a cultura. Como vivi a realidade de residir em cidades do interior, afirmo que a preservação da cultura local é algo importantíssimo para essas cidades. Parabéns pelo trabalho!

46 palavras

Em resposta à Danilo Pereira de Souza Santos

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Danilo! Assim como a cultura é vasta e passa por processos de proteção, é imperativo que sejamos resilientes na busca pela preservação e cultivo desse patrimônio. A diversidade cultural exige esforços contínuos para resistir às ameaças de perda e desgaste.

41 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Bruno Bispo -
Tema muito interessante, pois temos constantemente uma "demonização" do uso de celulares. É interessante ter uma perspectiva que aborde o potencial positivo dessa tecnologia.

24 palavras

Em resposta à Bruno Bispo

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Bruno! O tema destaca a importância de reconhecer o potencial positivo dos celulares, frequentemente demonizados. Enfatiza a necessidade de uma abordagem equilibrada, considerando não apenas os desafios, mas também os benefícios educacionais, sociais e econômicos que esses dispositivos oferecem. Propõe a promoção da educação digital e práticas responsáveis para otimizar o uso construtivo da tecnologia, transformando-a em uma aliada no desenvolvimento pessoal e educacional.

65 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Leandro Gripp -
Boa noite, parabéns pela proposta de tema, muito interessante!
Inclusive, o tema toca em um aspecto maior, que é o fato de que o uso da tecnologia pode ser benéfico em diversas esferas, mas que esse uso deve ser responsável para que seja efetivo. Um outro exemplo disso é a sala de aula.
Nesse sentido, como você acredita que as pessoas podem ser instruídas para encontrar o equilíbrio que torna esse uso de tecnologia saudável e benéfico?
Desde já muito obrigado!

81 palavras

Em resposta à Leandro Gripp

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Leandro! O equilíbrio saudável no uso da tecnologia, especialmente na sala de aula, é fundamental para maximizar seus benefícios. A instrução nesse sentido pode ocorrer por meio da educação digital desde as fases iniciais, capacitando educadores, promovendo a conscientização sobre o uso responsável, estabelecendo limites claros, incentivando a interatividade, realizando avaliações constantes e envolvendo pais e responsáveis. Essas abordagens multifacetadas visam criar um ambiente propício para o uso benéfico e responsável da tecnologia na educação.

76 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por simone @2023 -
Parabéns pelo seu texto. Gostei muito ele é muito bom.

10 palavras

Em resposta à simone @2023

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Simone! Agradeço por apreciar o texto.

7 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Antonio Carlos Gualande Ribeiro -

 Parabéns , achei o assunto muito relevante texto de fácil.entendimento e muito de acordo com nossas vivências atuais . 

19 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por larissa sousa -

Tema de suma importância ser colocado em pauta, um grande empasse na nossa sociedade nos dias atuais… Adorei o texto uma linguagem de fácil entendimento! 

25 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Iasmin de Almeida Pereira -
Pesquisa super interessante de refletir sobre! O saudosismo muitas vezes faz com que se tenha uma percepção imediata negativa dos celulares, mas o papel que ele representa na manutenção de registros e, assim, manter viva a cultura e preservar o que existe ali é inegável.

45 palavras

Em resposta à Iasmin de Almeida Pereira

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Devemos encarar o celular como uma ferramenta positiva e inclusiva na cultura.

12 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Ramon Soares Gonçalves -
Parabéns pelo artigo, Fabiano! É louvável a maneira como você abordou o uso dos celulares na educação e preservação cultural, equilibrando os benefícios da tecnologia com a necessidade de manter a essência das tradições locais. Este equilíbrio é crucial para garantir que a tecnologia sirva como uma ferramenta de apoio à cultura, e não como um substituto que possa descaracterizá-la. Além disso, a escolha de estudar casos específicos, como Laje do Muriaé e o Morro do Arrastado, e a inclusão de alunos do Ensino Médio na pesquisa, não apenas enriquecem o conteúdo, mas também trazem uma autenticidade e relevância prática ao estudo.

102 palavras

Em resposta à Ramon Soares Gonçalves

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Precisamos explorar o universo em que a juventude está imersa. Enquanto antes éramos da era da revelação de fotos, hoje vivenciamos a instantaneidade das imagens. Nesse contexto, é fundamental instigar os jovens a refletirem e incorporarem a cultura em seu mundo.

41 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Gabriela Caroline Alves Claudino -
Boa tarde, pessoal! Parabéns, Fabiano, pelo excelente artigo! Achei muito bacana o tema do trabalho. Enquanto profissional de comunicação, vejo como é importante preservar a cultura de um povo. Pensando na questão tecnológica, atualmente temos ótimas ferramentas que nos permitem documentar com mais facilidade aquilo que queremos preservar. Foi muito interessante o estudo de caso apresentado!
Abraços!

57 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Gabriela Caroline Alves Claudino -
Boa tarde, pessoal! Nesse último dia de interações, gostaria de deixar uma pergunta para o autor: quais os principais aprendizados obtidos durante a realização dos trabalhos descritos no artigo?

Obrigada por compartilhar conosco informações tão importantes! Parabéns pelo trabalho!

Abraços!

40 palavras

Em resposta à Gabriela Caroline Alves Claudino

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Estudar a cultura local é uma experiência gratificante, pois nos permite compreender melhor a riqueza e diversidade que nos rodeia. Ao mergulhar nessa jornada, cada um de nós se encontra imerso em um universo de aprendizado único. Durante essa atividade, testemunhei relatos fascinantes, cada um contribuindo com uma perspectiva nova e enriquecedora para a aula.
A aplicação da sala de aula invertida tem sido mostrada especialmente eficaz, proporcionando resultados notáveis. Nesse contexto, percebo que não apenas os alunos absorvem conhecimento de maneira mais eficiente, mas eu mesmo sou constantemente beneficiado por essa abordagem. A troca constante de informações e experiências torna o processo de aprendizado dinâmico e enriquecedor. Cada participante traz consigo um pedaço valioso da cultura local, expandindo a sala de aula em um espaço vibrante de aprendizado mútuo.

130 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por MAIKON COSTA -
Parabéns pela escolha do tema...Assunto de extrema importância e que merece ser discutido pela sociedade

15 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Felipe Maia de Carvalho -
Excelente artigo!
Nunca tinha parado para pensar que os celulares poderiam servir como uma forma de preservação de cultura, visto que o mais comum seria livros e histórias passadas entre gerações.

31 palavras

Em resposta à Felipe Maia de Carvalho

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Fabiano Madeira Lacerda -
Olá Felipe! É interessante observar como os celulares se tornaram uma nova forma de preservar e compartilhar a cultura, substituindo, em certa medida, os livros e as histórias transmitidas oralmente.

30 palavras

Em resposta à Primeiro post

Re: Celulares: Guardiões da Cultura Local em Cidades do Interior - autoria: Fabiano Madeira Lacerda

por Eliabe Fonseca -
Parabéns pelo trabalho, essa discussão é de suma importância nos dias atuais e pouco debatido.

15 palavras